Cuidado!

Tudo é maravilhoso, até o frio é maravilhoso, mas somente para aqueles que conseguem enxergar suas belezas. Há beleza em tudo! E em tudo na vida existe um aprendizado, se hoje choramos é porque estamos sendo preparados para o sorriso de amanhã.
Dizemos que os dias passam rápido, e na maioria das vezes, nem paramos para observar as reflexões que eles nos trazem, e o pior, não reparamos que a medida que os dias se vão, parte de nós também se vai. CUIDADO! 
Imagem

Anúncios

A lua e eu

Eu quis escrever uma coisa triste, dessas que cortam o coração mas que de certa forma aconchegam nossa alma e o coração na realidade, não consegui. Sai do meu quarto e de repente parece que o mundo não era somente ali, com meus pensamentos, minhas mágoas, minhas alegrias, meus sonhos… Percebi que existem outras pessoas no mundo e que, tenho certeza, precisam muito mais de mim do que eu delas. Olhei para o céu e lembro de ter murmurado porque carreguei a câmera para tirar uma foto da lua que há poucos minutos estava gigante no céu, e quando cheguei ali ela já estava tão pequena… Notei então, que muitas vezes deixamos as coisas que realmente queremos e que são realmente importantes para nós por causa que precisamos ter mais alguma coisa, eu não me contentei em apenas visualizar e admirar aquela lua tão bonita e tão reflexiva, eu precisava tirar uma foto, perdi tempo, perdi a lua; Da mesma forma que muitas vezes não nos contentamos com abraços, precisamos de palavras, aí vem o medo e destrói toda a coragem que conseguimos, e então nosso peito guarda palavras que possivelmente nunca serão ditas, somente no silêncio das nossas almas. 
Aprendi agora que quando a lua estiver assim de novo é para aprecia-la, se a câmera estiver comigo, ótimo, mas se não tiver, me contentarei com o momento, que é tão mágico quanto aquele em que Deus nos deu a vida. Aprendi que quando eu estiver precisando de alguma palavra, alguém pode simplesmente me abraçar e falar ao meu coração todas as palavras que eu preciso ouvir, mas de forma muito mais sincera. Me contentarei com os abraços, me contentarei com os sorrisos, as lágrimas, os pedaços de papel, as palavras de carinho, as fotos, a chuva… 

A ambição demasiada faz mal ao coração do homem, e o faz perder os momentos mais maravilhosos da vida. Até que ponto vale a pena querer sempre mais?

Imagem

Final de semana tão esperado

*Esse post é mais sobre minha vida pessoal do que literalmente minhas reflexões, mas vale a pena registrar!

Neste final de semana fui visitar meu pai na cidade que ele está morando, fica à aproximadamente 500 km de Pelotas. Faz mais ou menos oito anos que ele está morando lá, só que até hoje eu não tinha ido visitá-lo – surgiu a oportunidade, fui.
Fazia tempo que sentia vontade de conversar com meu pai sem ser apenas uma visitinha de três horas, pra ser sincera eu sentia muita falta do meu pai, não o que foi embora, mas o que ficou dentro de mim. Durante algum tempo nossa relação não era das melhores, confesso que até cheguei a pensar que ele não gostava de mim, bobagem, eu sentia era falta de uma convivência, porque nos víamos apenas 3 vezes por ano e ver meus amigos falando dos seus dia-a-dia com seus pais me deixava deprimida.
Esse final de semana foi diferente, percebi que meu pai nunca se tornou outro homem, apenas modificou alguns costumes, menos o de tomar chimarrão antes do café da manhã e as fragrâncias dos seus perfumes, ele continua o mesmo. 
Amei demais o final de semana, apesar de ter ficado longe do meu momô, recuperei todos os laços que eu precisava com o meu papinho, fiquei feliz de ver que ele está bem e que se preocupa comigo, como quando eu ficava doente.

 

Imagem

A comida foi surpreendente, desde o almoço de sábado ao café da manhã de segunda feira.

ImagemO carinho foi aconchegante e inovador!

 

“Percebe e entende que os melhores amigos são aqueles que estão em casa, esperando por ti…”